fbpx

As 7 Melhores Universidades de Portugal

Portugal tem oferecido abrangentes oportunidades de acesso a estudo para estrangeiros. Há disponibilidade de vagas tanto para quem pretende iniciar uma graduação, quanto redirecionar a carreira profissional para o país e busca por cursos de especialização, utilizando-se do processo de equivalência. Nesse sentido, Portugal anunciou recentemente a ampliação da quantidade de vagas nas universidades cujos cursos apresentam maior demanda qualificada.

 Além disso, a educação superior portuguesa vem ganhando cada vez mais relevância dentro do cenário europeu, levando-se em conta diversos critérios de avaliação.Com efeito, o país conta ainda com algumas das mais bem avaliadas instituições universitárias do mundo, dispondo de cursos superiores de referência, que se classificam entre os cem mais bem conceituados internacionalmente.

Confira a seguir, a lista das principais instituições de ensino do país.

Ranking das 7 Melhores Universidades de Portugal.

Para a referida classificação, tomaremos como base o ranking elaborado pela Quacquarelli Symonds (QS). A empresa é consagrada como uma das mais importantes no que diz respeito à divulgação anual das melhores universidades do mundo.

O rankeamento realizado pela QS avalia indicadores como a reputação acadêmica, que corresponde a 40% da pontuação total, representando, portanto, o critério mais relevante. Além disso, são consideradas parâmetros como a reputação entre empregadores, a relação entre professores e alunos, o volume de artigos acadêmicos publicados pelo corpo docente e a proporção de estudantes internacionais.

A lista QS de 2020 enumerou sete instituições dentre as melhores universidades portuguesas. O destaque deste ano é para as universidades de Lisboa e de Porto, que surgem empatadas na 357ª posição. Ambas apresentaram melhorias, principalmente, no que se refere aos indicadores científicos e se sobressaíram quanto ao critério mais importe, o de reputação acadêmica.

 Esta colocação, entretanto, representa uma ligeira queda para a Ulisboa, que havia finalmente destronado a Universidade de Porto(UP) e conquistado o primeiro lugar no ano anterior, representando a 338ª posição. A UP decaiu menos posições, já que ocupava o posto de 353°, embora ostente tradicionalmente a primeira colocação entre as portuguesas.

Universidade de Lisboa

Fundada originalmente no ano de 1288, sendo mais tarde transferida para Coimbra, a universidade passou por diversas transformações ao longo dos séculos e, hoje, é resultado de algumas fusões. Apenas em 1911 foi renomeada como Universidade de Lisboa e recebe, anualmente, cerca de 9000 estudantes internacionais, provenientes de mais de 100 países, os quais representam17,8% do total de estudantes na instituição. São mais de 50000 estudantes no total

Situada no coração da capital, a Ulisboa é a maior do país e uma das maiores da Europa, oferecendo 406 cursos atualmente, distribuídos entre 18 faculdades e institutos. A universidade dispõe de uma ótima estrutura, que conta ainda com 13 museus, 3 jardins botânicos e 2 observatórios astronômicos. Dentre os melhores cursos disponíveis pela universidade estão: íngua inglesa e literatura; agricultura; medicina; ciências ambientais; matemática; educação e estatística.

Universidade do Porto

Classificada também na 357ª posição do ranking mundial, a Universidade de Porto divide o primeiro lugar, juntamente com a Ulisboa, entre as mais prestigiadas instituições portuguesas. Sediada ao norte do país, a universidade pública do Porto foi instaurada em 1911 e figura como uma instituição de ensino e investigação científica de referência em Portugal, bem como na Europa.

A instituição acadêmica compreende 14 faculdades, distribuídas entre as áreas de Arquitetura, Artes e Humanidades, Engenharia e Tecnologias, Ciências Exatas, Ciências Naturais, Ciências da Saúde, Ciências Sociais, Desporto e Direito. Dentre os cursos de maior destaque encontram-se os de arquitetura; ciência da computação e sistemas de informação.

Junto às faculdades, atua uma escola de negócios integrada, a Porto Business School, reconhecida internacionalmente ao nível da formação empresarial Além disso, a UP conta com mais de 50 centros de investigação. É considerada a mais internacional das universidades portuguesas, o que resulta de laços de cooperação com centenas de instituições de ensino superior espalhadas ao redor do globo.

Universidade Nova de Lisboa

Fundada em 1973, a instituição é consagrada como uma das 10 melhores universidades da Europa entre as mais jovens, ou seja, entre as que possuem menos de 50 anos de existência. A reputação desse tipo de universidade considera abordagens modernas e flexíveis para a geração de impacto social. Um dos principais critérios avaliados nessa premiação corresponde aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas

A universidade Nova corresponde à 428ª colocação no ranking mundial da QS. A empresa posicionou ainda a instituição de estudo entre as Top 8 jovens universidades europeias. A condecoração avalia as seguintes áreas de conhecimento: artes e humanidades; engenharia e tecnologia; ciência da saúde e medicina; ciências naturais; ciências sociais e gestão. A universidade possui atualmente cerca de 21000 alunos, sendo mais de 2500 estrangeiros, provenientes de 109 nacionalidades.

Universidade de Coimbra

Datada de 1290, a Universidade de Coimbra é uma das mais antigas do mundo ainda em operação e, decerto, a primeira instituição universitária do país. Por seu patrimônio material e imaterial, de notável herança histórica, a universidade figura desde 2013 como Patrimônio Mundial da UNESCO e celebra em 2020 seus 730 anos de existência.

A Universidade de Coimbra ocupa a posição de número 435°na classificação mundial e se destacou no quesito de maior número de estudantes internacionais. Cerca de 25000 alunos estudam no local, sendo mais de 5000 estrangeiros, distribuídos entre 105 nacionalidades. A universidade disponibiliza atualmente oito faculdades, a saber: Letras; Direito; Medicina; Ciências e Tecnologia; Farmácia; Economia; Psicologia e Ciências da Educação; Ciências do Desporto e Educação Física.

Universidade de Aveiro

A partir da 500ª posição do ranking QS, as universidades são classificadas dentro de intervalos. A universidade de Aveiro, por exemplo, consta entre a 581ª e 590ª colocação. Em contrapartida, recebeu grande destaque no indicador que avalia o volume de citações em revistas científicas de grande impacto por cada professor da universidade, representando o 158° lugar nesse quesito.

A universidade pública de Aveiro foi inaugurada em 1973 e é bastante procurada pelos brasileiros. A instituição conta com 16 departamentos, tendo como evidência a pesquisa na área de ciência e tecnologia. São mais de 13 mil estudantes e estão presentes cerca de 85 nacionalidades estrangeiras. Seus cursos de destaque compreendem: ciência da computação e sistemas de informação; língua e literatura inglesa; medicina; agricultura e floresta.

Universidade do Minho

A Universidade do Minho sobressaiu por ganhar algumas posições em relação ao ano anterior, passando de um intervalo entre 651°-700°, para a posição que compreende a 591ª e 600ª no patamar global. Esse salto de qualidade se deve, principalmente, à sua boa atuação no quesito Relação entre Professores e Alunos, ocupando a 369.ª posição relativa a esse critério. A instituição se encontra em funcionamento desde 1973 e está localizada na cidade de Braga.

Apesar de ser relativamente recente, a universidade pública do Minho tem sido reconhecida em premiações mundiais, como a promovida pelo Ranking de Xangai de 2017, que a posicionou entre as 500 mais relevantes internacionalmente. São disponibilizadas 12 opções de escolas e institutos, como, por exemplo, as Escolas de Ciências, Medicina, Arquitetura e a Escola Superior de Enfermagem. A universidade conta com cerca de 20 mil estudantes.

Universidade Católica Portuguesa

Iniciando suas atividades em 1967, a Universidade Católica Portuguesa é a única privada da lista. A estrutura acadêmica da universidade está distribuída entre 16 faculdades e institutos, bem como centros de investigação. Alguns destaques da universidade são a Faculdade de Direito; a de Ciências Humanas, notadamente, o curso de Ciências da Comunicação; a Escola de Negócios e Economia, a Escola de Gestão. A universidade se encontra no intervalo entre 801º-1000º pelo ranking da QS. A instituição conta atualmente com mais de 10 mil estudantes e apresenta uma alta taxa de empregabilidade.

Outras universidades que não constam no ranking Quacquarelli Symonds, mas sobressaem entre as melhores de Portugal em outros sistemas classificatórios são o Instituto Universitário de Lisboa, Instituto Politécnico do Porto, Universidade de Évora e Universidade da Beira Interior.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
×